Importância de a criança saber administrar seu dinheiro desde pequena              

A educação financeira é um ótimo modo de começar a ensinar a criança a administrar seu dinheiro desde pequena. De acordo com sua idade de maturidade, ela pode aprender a lidar com a frustração de querer algo, aprender o momento certo para comprar e a fazer economias para atingir as suas vontades.

 

É de extrema importância que os pais estejam presentes e conversem bastante sobre o assunto com seus filhos, estabelecendo o modo de usar, quantidade e período de recebimento, dessa forma, a criança irá começar a aprender melhor sobre a lidar com o dinheiro.

 

Com isso, tendo a devida orientação por parte dos pais, a criança terá maiores condições de administrar seu dinheiro e entender o funcionamento da educação financeira e os benefícios que ele pode oferecer.

 

O que os pais devem ensinar as crianças sobre a mesada

 

            Desde cedo, os pais devem passar as seus filhos alguns princípios financeiros para que elas tenham condições de administrar o seu dinheiro e alcançar os seus objetivos, veja abaixo alguns deles:

 

  • Os pais devem dar noção à criança da diferença entre o que é realmente necessário e como funciona o dinheiro;
  • As crianças precisam aprender a diferença entre o que é caro e o que custa barato;
  • Mostre a elas as contas da casa, como água, luz, supermercado e telefone e a importância de economizar nesses gastos, que assim o dinheiro irá render melhor;
  • Incentive a criança a ter noções de poupança. Um cofrinho pode ajudá-lo a economizar de uma maneira mais atrativa.

 

Vale para os pais também lembrarem que eles são os maiores exemplos para os seus filhos, já que elas irão assimilar e copiar todas as suas ações. Para isso, leve eles consigo as compras e ao banco, assim eles irão ver na prática como podem administrar o seu dinheiro.

 

Dica para as crianças fazerem seu dinheiro render

 

Além das orientações que os pais devem passar a seus filhos, algumas dicas são importantes para as próprias crianças fazerem o seu dinheiro render e com isso ter maior sucesso financeiro. Veja alguns exemplos abaixo:

 

  • Saber quanto custa o que a criança quer comprar: pesquisar em várias lojas e sites até que se possa encontrar o melhor preço e que esteja dentro do orçamento da mesada.

 

  • Ponha as informações no papel: é preciso ter anotado o tempo necessário para conseguir o sonho de consumo e qual a quantia é precisa para guardar.

 

  • Faça um diagnóstico financeiro: o controle do quanto de dinheiro é gasto também é importante, as despesas devem ficar registradas e o que não for essencial deve ser cortado da lista, priorizando os consumos e desejos necessários.

 

  • Avise aos familiares: os pais devem estar cientes do que a criança deseja adquirir e se é algo muito caro, verificando a melhor maneira de orientá-la.

 

  • Complemente sua mesada fazendo pequenos “bicos”: algumas atividades, que não são de obrigação da criança, como os estudos, podem ser alternativas para ela ganhar um dinheiro extra, como lavar o carro do pai, cuidar de uma priminho, aguar as plantes e outros afazeres.

 

  • Guarde seu dinheiro: assim que os pais fizerem o pagamento da mesada, a quantia que foi proposta a ser guardada deve ir direto pro cofrinho.

 

  • Caderneta de poupança: importante que os pais se mobilizem em criar uma conta poupança para os seus filhos, de forma que eles possam depositar as suas economias.

 

  • Ordem do dinheiro: as crianças devem criar o hábito de primeiro poupar e depois gastar, evitando fazer compras a prazo e preferindo pagar a vista.

 

  • Corte os gastos desnecessários: se a mesada não está rendendo, vale a pena organizar a vida financeira e deixar de lado alguns gastos supérfluos e reduzir outros.

 

  • Respeite o padrão de vida da sua família: se a família passa por aperto todo mês e não tem condição de bancar altos gastos, evite pedir uma mesada alta e pense nas contas da família primeiro.

 

Com essas dicas, a crianças vão saber melhor como administrar seu dinheiro e ter noção da real importância que a educação financeira pode ter em suas vidas.

Compartilhe:

Postagens Relacionadas

Comportamento formação de caráter – não dever ser comprado com mesada  

            Dar mesada aos filhos é uma situação que muitas vezes podem deixar...

Mimar não é educar  

            No processo de educação de uma criança, os pais frequentemente se deparam...

Deixe seu comentário

Seu email não será publicado. Required fields are marked *

Comentar *

Nome *

Email *

Website *