Por que começar a dar mesada para crianças aos 5 anos de idade              

A mesada é uma alternativa que os pais devem usar com as crianças para orientá-las sobre a educação financeira. Entretanto, é necessário muita conversa e informação, para que essa quantia a ser dada não se torne um problema, e sim um aprendizado.

 

O recomendável é que o momento certo para começar a dar a mesa considere a maturidade da criança e a sua idade, que normalmente é direcionada para crianças aos 5 anos, pois elas já começam a ser alfabetizadas e passam a lidar melhor com os números.

 

Os pais precisam entender a importância da mesada e estabelecer critérios para a quantia que será dada, lembrando que é essencial ensinar os filhos a aprender sobre educação financeira e os benefícios que ela pode trazer.

 

Maneiras de ensinar a criança a lidar com o dinheiro desde cedo

 

As crianças aos 5 anos, idade considerada ideal para começar a dar a mesada,  devem receber uma quantia por mês, já que nessa fase muitas das crianças já apresentam facilidade em administrar o  seus .

 

Quando atingirem a faixa etária entre 8 e 10 anos, os pais podem optar a dar a quantia um pouco mais alta  para atender as suas necessidades,  pois a criança já tem maturidade para lidar com mais dinheiro e saberá administrar esse valor mais alto.

 

Em relação ao valor de quanto dar de mesada ao seu filho, segure-se que para as crianças aos 5 anos o cálculo seja de 1 real, por idade, por semana, sempre estimulando a criança a ter gastos conscientes, de acordo com suas necessidades e desejos e que também ensine-a a poupar e ter uma reserva financeira.

 

Já quando a criança tem idade a partir dos 11 anos, ela apresenta uma maturidade suficiente para receber mesadas com valores ainda um pouco maiores, sendo que o cálculo indicado anteriormente passar por alguns ajustes, com a sugestão de multiplicar a idade por 8 reais.

 

Com isso, algumas dicas são importantes para que os pais possam lidar com esse assunto de uma maneira mais eficaz com seus filhos, como por exemplo:

 

  • Deixar claro para a criança que lidar com o dinheiro é fazer escolhas de acordo com as nossas necessidades e desejos, mas desde que sejam plausíveis, devendo sempre pensar muito bem antes de comprar um brinquedo novo ou um videogame, por exemplo.

 

  • Não relacione o pagamento da mesada com atividades que são obrigatórias para as crianças, como os estudos. Eles devem estar cientes que o dinheiro não é uma recompensa para eles serem honestos e cumprirem com seus deveres.

 

  • Quando se estabelece o valor da quantia e a data do pagamento, tanto os pais quanto os filhos devem respeitar esse acordo. Lembrando que a mesada não dever ser usada como moeda de chantagem.

 

  • Na educação financeira da criança é importante estimular a poupança do dinheiro para se ter uma quantia reservada. A criança deve receber a orientação de guardar uma pequena parte para um projeto maior.

 

  • Dentro da maturidade da criança, os pais devem incentivá-la a ter um sonho de longo prazo, seja ele um videogame de última geração, por exemplo. Deixe claro quanto tempo será necessário guardar o dinheiro para conseguir comprar e se você irá contribuir de alguma forma.

 

  • Comemore as pequenas conquistas que seu filho tiver com o seu esforço da mesada, sempre apoiando e ajudando-o a fazer as melhores escolhas.

 

Com essas dicas, ao começar a dar a mesa para criança aos 5 anos e orientando-a na melhor forma de poupar e gastar, com certeza ela terá uma maior consciência sobre educação financeira.

Compartilhe:

Postagens Relacionadas

Poupar para realizar sonhos

  Um grande atrativo para vocês pais incentivarem aos seus filhos a pouparem...

No que a falta de conhecimento em finanças pode prejudicar seu filho quando adulto  

            Atualmente, a mesada tem sido utilizada como uma alternativa para instruir os...

Deixe seu comentário

Seu email não será publicado. Required fields are marked *

Comentar *

Nome *

Email *

Website *