Mesada não é salário  

            Mesada não é salário, esse é um erro que muitos pais cometem ao trabalharem a educação financeira com os seus filhos. O salário é pago para as pessoas que exercem algum tipo de trabalho e são remunerados.

            Os pais jamais devem cobrar algum tipo de trabalho dos seus filhos pelo fato deles darem a suas crianças a mesada. A mesada serve para você pai educar o seu filho financeiramente para que em seu futuro ele saiba a ter uma boa administração do seu dinheiro.

            Esse tipo de educação financeira é muito importante para o desenvolvimento infantil dos seus filhos, por isso pais vocês não podem errar nesse trabalho como muitos pais erram, afinal serão os seus filhos os mais prejudicados em sua fase adulta.

            Mesada não é salário – erros cometidos pelos pais ao darem mesadas aos seus filhos

 

            Como já falamos a mesada não é salário, por isso vocês pais jamais devem cobrar algum trabalho em troca do seu filho pelo fato de darem a eles todo o mês uma mesada. Seguem abaixo outros erros cometidos pelos pais ao darem mesadas aos seus filhos:

  • Desequilíbrio: o seu filho jamais deve guardar todo o seu dinheiro ganhado na mesada para realizar os sonhos. As crianças precisam separar em torno de 30% a 50% de sua mesada para fazer uma reserva, seja para realizar um sonho ou para suprir alguma outra necessidade. A disciplina rígida que alguns pais impõem dentro de suas casas podem acabar transformando seus filhos em crianças obsessivas por dinheiro e com isso, podem transforma-las pessoas avarentas em seu futuro.
  • Violação: é muito importante que vocês pais respeitem o dinheiro que foi dado de mesada para o seu filho, vocês não podem, em hipótese alguma, usar o dinheiro que o seu filho vem economizando para realizar os seus sonhos como empréstimo para vocês. É dada essa recomendação pois existem muitos casos assim no âmbito familiar, onde os pais ou usam o dinheiro que está no cofrinho ou na poupança do seu filho para pagarem de uma conta da casa ou mesmo para uso particular, e isso não é certo, mesmo que esse dinheiro seja posto de volta.
  • Ruptura:Nunca ultrapasse as etapas de esforço e crescimento de seu filho, pois isso pode prejudicar o seus desenvolvimento infantil, então nunca compre o brinquedo de sonho dele antes que a ele consiga juntar o seu próprio dinheiro para conquistá-lo.
  • Permissão: toda crianças precisa ter limites, por isso aprenda a dizer não, isso será para o bem da sua criança. Durante o trabalho da educação financeira, usando a mesada como a principal ferramenta, vai se acontecer do seu filho gastar todo o dinheiro antes de o mês terminar e depois querer mais, mas vocês pais não devem dar esse dinheiro a mais para que eles aprendam a controlar os seus gastos.
  • Desmedida: em hipótese alguma a mesada pode ser usada como prêmio e nem como castigo. Muitos pais agem por impulso e decidem não dar mesada ao seu filho por um determinado período de tempo por causa do seu mau comportamento ou notas baixas, ou então fazem o contrário, dão a mesada porque o filho fez algum trabalho em casa ou tirou uma nota boa na escola. A mesada jamais deve virar uma moeda de troca entre pais e filhos, trabalhos feitos em casa e tirar notas boas na escola são obrigação do seu filho que ele deve cumprir mesmo se não tivesse a mesada.
  • Remuneração: a mesada que você dá ao seu filho não é salário. Os salários são pagos para quem trabalha e tem acordo de receber uma remuneração pelo o trabalho feito.

Com esses pontos fica claro que mesada não é salário, e que vocês pais não devem cometer esses erros que mencionamos na educação financeira do seu filho.

Compartilhe:

Postagens Relacionadas

Deixe seu comentário

Seu email não será publicado. Required fields are marked *

Comentar *

Nome *

Email *

Website *